Nesta fase da vida as crianças buscam desafios e estão sempre prontas para fazerem descobertas. 

Valorizamos as experiências concretas, as tentativas e os erros. Damos a isso o nome de "tateamento experimental".

As técnicas de Célestin Freinet para esta fase deixam aberto o caminho do aprendizado vivo.

Do 3º ao 5º ano, os estudantes percorrem salas ambientadas para o trabalho por áreas de conhecimento: Matemática, Português e Projetos (Geografia, História e Ciências).

Cada turma possui seu professor responsável, aquele que acompanha o desenvolvimento, planeja conteúdos, constrói portfólios e realiza assembleias. E em cada sala, um professor especialista orienta o trabalho específico das crianças. 

Nesta fase, introduzimos os Projetos como principal fonte de aquisição de conhecimento. 

As crianças recebem as primeiras noções de planejamento (Plano de Trabalho), de desenvolvimento e de documentação (Álbum de Conhecimento).

Roda/ Plano de Trabalho

Artes

Matemática

Português

Texto-Livre

Projetos (História, Geografia, Ciências)

Musicalização

Educação Física

Inglês

Assembleias

Aulas-Passeio

+ Disciplinas Optativas

 

É a agenda pessoal do aluno e seu instrumento para conduzir os próprios estudos.

Para cada área de conhecimento, as crianças planejam junto com os professores as atividades a serem realizadas e firmam um CONTRATO. 

Isso significa transparência e autonomia sobre o processo de aprendizagem: controle sobre o que deve aprender, a forma de como aprenderá e como será avaliado.

A investigação por meio de projetos nesta fase é privilegiada e já possui traço científico.

A construção do conhecimento passa por etapas: pela curiosidade e elaboração de perguntas, pela investigação e procura por boas fontes, pela socialização e documentação das descobertas.

Não temos um livro que seja base do aprendizado. As crianças são conduzidas a pesquisar, consultar fontes diferentes e tornarem-se autoras de conhecimento.

Os álbuns compõem o acervo da biblioteca escolar e servem de material de consulta para outras turmas.

O Texto-Livre, técnica criada por Freinet, também é uma forma de alfabetizar e estimular a expressão dos estudantes.

Cada criança possui um caderno exclusivo para criação livre (o texto-livre pode ser um desenho, uma poesia ou qualquer forma de expressão impressa). Sua motivação para escrever é a publicação, que Freinet chamava de "a imprensa na escola".

Com isso surge a necessidade da digitalização e correção, e desta forma as crianças passam à categoria de autores.

Isso cria um ambiente altamente motivador: o gosto por fazer melhor e melhor, a valorização da escrita e a recompensa da publicação.

As disciplinas listadas abaixo são optativas e livres de cobrança (sem taxas). Elas acontecem no horário oposto às aulas e constam no histórico escolar dos alunos. São limitadas apenas pelo número restrito de alunos.

Sistema de Pontos

Nós utilizamos um "sistema de pontos" ao invés de notas e a semestralidade como tempo de avaliação.

Desta forma, pretendemos que nossos alunos percebam que estes pontos são conquistados por eles e que o caminho é constante.

Pontuação possível por semestre = 2000 pontos
Pontuação necessária por semestre = 1200 pontos

Lista de Materiais

Nossa escola não faz pedido de materiais. Todos os itens necessários para os trabalhos são disponibilizados em nossa papelaria e utilizados coletivamente pelos alunos.

Coordenação

Márcia Ronchi

E-mail de contato:

coord2

@colegiosantafelicidade.com.br

Horários

Manhã: 7:30 às 12:00
Tarde: 13:00 às 17:30